quarta-feira, 17 de maio de 2017

Cantinho das Aromáticas


Era um dos meus “desejos”. Além de ter galinhas, era ter um pequeno cantinho com ervas aromáticas, para poder usar nos meus cozinhados.
E muitas perguntas me têm feito acerca das minhas ervas aromáticas. Se as semeei todas, se comprei em vasos, como as “trato”...
Como sabem eu não sou grande jardineira, nem tenho grande jeito para tratar de plantas, mas vou-me esforçando, e o que é certo é que não me tenho saído muito mal na questão das aromáticas.
Já num post anterior tinha explicado mais ou menos como fiz. Aproveitamos um canteiro que já existia no jardim e colocamos um pouco de substrato. Cobri depois com tela e casca de pinheiro.
Tirando a salsa e os coentros, que vou semeando (a partir das próprias sementes que deixo secar e guardo), tudo o resto foi plantado a partir de vasos de aromáticas - daqueles que se compram em qualquer supermercado. Ficam já a saber que se dão lindamente em vasos e não são apenas para durar uma semana em casa...
No meu caso, e como a Aromáticas Vivas costuma oferecer vasos das suas ervas aromáticas para distribuir pelos participantes de alguns dos meus workshops - e envia também alguns para eu usar em workshops - a maioria das ervas aromáticas que eu plantei, foi a partir dessas mesmas plantas. E há que notar  que estas ervas aromática são biológicas.
Tirando o tomilho que eu já tinha, oferecido há muitos anos atrás pela minha avó Cila e que viveu vários anos num vaso na minha casa antiga, e que gostou muito de ser passado de um vaso para a terra e cresceu a olhos vistos, todas as outras ervas, vieram pequeninas num pequeno vaso e agora, algumas ao fim de quase dois anos, é o que se vê.
Além da chuva - rega natural - regamos normalmente as plantas quando regamos o resto do jardim, o que acontece só quando o verão e o calor começam. Até lá, e estando na rua, a humidade e a chuva têm sido suficientes.
Claro que vou apanhando ervas consoante as minhas necessidades, e a salsa e os coentros vou semeando algumas vezes. Mas se deixar-mos estar a semente, ela vai caindo e dando com alguma regularidade.
No entanto fiz três coisas erradamente que agora estou a tentar retificar.
A primeira foi semear a salsa e os coentros quase lado a lado. Disseram-me que não o devia fazer, pelo que agora semeei salsa noutro local do jardim e longe das restantes aromáticas. Vamos a ver como corre.
Outra coisa foi colocar a hortelã na terra, juntamente com as outras aromáticas. O que acontece é que estou sempre a arrancar hortelã (tenho 3 variedades diferentes) porque elas são muito invasoras e quando dou conta estão a dominar o canteiro todo. Neste momento coloquei-as em vasos para ver se pegam. Se pegarem vou arrancar toda a hortela que ficou no canteiro das aromáticas. A ver se assim as consigo controlar.
A terceira coisa que fiz mal - e aqui se vê como sou apenas uma curiosa da coisa - foi deixar ficar o manjericão na rua durante o inverno. É muito delicado e não aguenta o frio. Tenho plantado um novo todo o início de primavera. Este ano já plantei um novo, mas a ver se quando o frio voltar, ou lhe faço uma pequena estufa no canteiro, ou se o coloco num vaso dentro de casa... Ainda atentar ver qual a melhor opção.

A propósito de hoje ser o Dia Mundial da Hipertensão , a Aromáticas Vivas desafiou-me a fazer uma receita em que se abusa das ervas aromáticas como tempero para se reduzir o consumo de sal (podem ver a receita hoje no blogue As Minhas Receitas) e enviou-me umas variedades novas  - e outras como a salva que eu ainda não tinha - que eu aproveitei para colocar no meu cantinho das aromáticas.
Passei portanto uma parte de sábado a tratar do meu canteiro das aromáticas. A limpar, a semear salsa e coentros, a plantar o novo manjericão, a salva, a salva ananás e a mostarda. E a tentar limpar o canteiro das maravilhosas mas “demoniacas” hortelãs.
Neste momento, o meu cantinho de aromáticas tem, além de salsa e coentros:

  • Tomilho
  • Tomilho limão
  • oregãos
  • poejos
  • cebolinho
  • hortelã chocolate
  • hortelã menta
  • hortelã ananás
  • erva principe
  • malagueta
  • salva
  • salva ananás
  • manjericão
  • rucula
  • stevia
  • alecrim

E só porque hoje é o Dia Mundial da Hipertensão, e nem todos sabem usar ervas aromáticas nos seus cozinhados, deixo uma pequena lista de usos para as diferentes ervas, para que não tenham receio de arriscar e assim também consigam ficar mais sensibilizados a reduzir o consumo excessivo de sal (e até de açúcar) na vossa alimentação.

Tomilho: Delicioso com cogumelos salteados, carne de porco ou frango assado e em bolos de limão

Tomilho Limão: No leite creme, em carnes assadas como frango, em marinadas para dar sabor

Oregãos: Polvilhar oregãos frescos em massas e pizzas e também em legumes no forno e em pão de alho

Poejos: No ensopado de borrego e em sopas alentejanas e na sopa de tomate

Cebolinho: Adoro nas omoletes ou nos ovos mexidos, e fica delicioso com salmão fumado e queijo creme e em maioneses e saladas frescas

Hortelã chocolate e hortelã ananás: Nas sobremesas para decorar e dar cor e sabor e nos sumos naturais e limonadas

Hortelã Menta: Nas bebidas como a sangria, mas também em sumos naturais de ananás e na limonada. Nas sobremesas. Na salada de couve com maçã e hortelã. Como molho para acompanhar borrego. Adoro uma pernada na canja de galinha.

Erva principe: Uso essencialmente para chá e refrescos durante os meses de verão

Salva: Como tempero de bifes de frango ou até de carne de porco

Manjericão: Para fazer pesto. Com a salada de tomate. Em limonada ou sumo natural de meloa ou morango. Nas sobremesas  - mousse de limão com manjericão por exemplo. Para sobremesas, massas e pizzas. Casa lindamente com queijo mozarella.


Alecrim: Para temperar carnes de porco ou frango. Para assados de carne ou legumes.

Quais as vossas ervas aromáticas preferidas? Usam muito ou pouco? Têm em casa, na varanda, jardim ou parapeito da janela?

8 comentários:

  1. Olá, eu tenho no meu quintal um pequeno espaço onde vou semeando (conforme a altura do ano) couves, brócolos, couve-flor, espinafres, favas, alho françês, alhos, courgete, abóbora, beringela, tomate, pimento, etc. (consoante o que vou vendo no horto perto da minha casa). Tem sido um passatempo e também uma forma de comer mais saudável. Quanto às aromáticas vou semeando na horta e também em vaso. O mangericão e a stevia já tive na horta e em vaso mas acaba sempre por morrer. Tenho vindo a aumentar a minha coleção, tenho praticamente todas as que a Joana mencionou. A minha preferida é a erva principe que já utilizei no frango guisado, peixe assado no forno, bolo e claro chá e refresco.

    Bjs. e boas partilhas

    Fátima Marques

    ResponderEliminar
  2. Olá, A Hortelã, dá-se melhor num canteiro só para ela do que num vaso. apesar de que , no vaso tb consegue mas não fica tão grande. Beijos e continue, gosto muito de andar por cá...

    ResponderEliminar
  3. neste momento só tenho manjericão e hortelã que me perfuma a cozinha. Gostava de experimentar usar mais ervas aromáticas, mas tenho medo que o pessoal (esquisitinho) lá de casa não goste dos sabores. (Ainda não partilhaste a tal receita no outro blog). Beijo

    ResponderEliminar
  4. Apesar de viver num apartamento, também tenho o meu cantinho de aromáticas na varanda,....a salsa é a que se tem aguentado e resistido ao longo destes meses!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  5. Já tentei, mas vivo num apartamento com varanda virada a norte, e com os escapes dos carros da rua movimentada, verifiquei que se torna impossível ter qualquer espécie de planta. Ter plantas dentro de casa também não vingam porque tenho dois gatos...
    Enfim... :(

    ResponderEliminar
  6. Ola .. Gostei muito do post.. Vi que fizeste exatemente dois dos meus erros ... A hortela tem invadido o meu jardim preciso estar sempre a arrancar para controlar o espaço.. E ter deixado o manjericao na rua tambem me deu mau resustado penso que terei de plantar novamente talvez num espaco mais abrigado..
    Apesar de tudo tem dado imenso jeito tanto para mim como oara amigos que levam sempre aromaticas frescas. :)
    Este ano os oregaos tambem deram imenso nao sei se ja secou alguma vez oregaos em casa gostava de saber o feedback estou a pensar experimentar..
    Beijinho

    ResponderEliminar